terça-feira, 27 de agosto de 2013

UFRN abre concurso para professores de jornalismo e publicidade e propaganda

Departamento de Comunicação Social – Campus de Natal/RN
Jornalismo (Adjunto-A/DE)
Graduação em Comunicação Social ou em Artes ou em Design ou em Ciência da Informação e Doutorado em Comunicação ou em Artes ou em Design ou em Ciência da Informação ou em Educação ou em Ciências Sociais ou em áreas correlatas


Departamento de Comunicação Social – Campus de Natal/RN
Mídia em Publicidade e Propaganda (Adjunto-A/DE)
Graduação em Comunicação Social e Doutorado em Comunicação Social ou em Ciência da Informação ou em Administração ou em Economia



segunda-feira, 26 de agosto de 2013

UEPG abre concurso para professores de Jornalismo

Área de conhecimento: Teorias e Processos Jornalísticos
Número de vagas: 3 (três)
Regime de trabalho: 40 horas
Titulação mínima exigida: Graduação em Comunicação Social / Jornalismo e Doutorado em Comunicação ou em Ciências Sociais Aplicadas ou em Ciências Humanas, com objeto de tese em Jornalismo.

Veja edital 

Fundação Cultural Palmares, com sede em Brasília, abrirá concurso até novembro


A Fundação Cultural Palmares, ligada ao Ministério da Cultura, abrirá concurso para os níveis médio e superior até o mês de novembro. Como o órgão ainda contratará uma organizadora, o cronograma e demais detalhes ainda serão definidos. A fundação tem prazo máximo de seis meses para publicar o edital de abertura – até 29 de novembro -, mas pretende fazê-lo antes do fim desse período.
O concurso trará 11 vagas imediatas, sendo três para quem possui o ensino médio, na função de operacional administrativo. As restantes serão para o 3º grau, nas áreas de: administração e planejamento (4), para formados em Economia ou Ciências Contábeis; Comunicação e divulgação (2), para graduados em Jornalismo; documentação (1) e técnico I (1), estas duas para diplomados em cursos da área de Humanas.
Os aprovados serão lotados na sede da fundação, localizada em Brasília, e contratados pelo regime estatutário. A remuneração é de R$2.820,42 para o cargo do 2º grau e de R$4.478,22 para os do 3º, já incluído o valor para alimentação, de R$373.
O último concurso da fundação para essas funções – organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) – foi aberto em 2006. Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva apenas, contando 50 questões para os do nível médio e 60 para os do superior, sobre Português (25) e Matemática (25) para os primeiros e Português (15), Noções de Administração Pública e do Sistema MinC (20) e Conhecimentos Específicos (25) para os últimos.
A Fundação Cultural Palmares é uma instituição cujo principal objetivo é promover e preservar a cultura afro-brasileira. Também cabe a ela formular e implantar políticas públicas que potencializem a participação da população negra brasileira nos processos de desenvolvimento do país.
Fonte: Folha Dirigida

Afiliada da RedeTV é multada por "comentários favoráveis" a candidato

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato condenou a TV Cuiabá Ltda ao pagamento de multa no valor de aproximadamente R$ 22 mil por ter exibido, durante as Eleições de 2012, programa onde o apresentador realizou comentários que beneficiava o candidato a prefeito de Várzea Grande Sebastião dos Reis Gonçalves (Tião da Zaeli) em detrimento da candidata Lucimar Sacre de Campos.
Com a decisão, ocorrida na sessão plenária desta quinta-feira (22/08), a Corte reformou a sentença proferida pelo Juízo da 49º Zona Eleitoral de Várzea Grande, que havia julgado improcedente a representação interposta por Lucimar e pela Coligação “Unidade Democrática Social”. O Juízo da primeira instância entendeu que os comentários feitos pelo apresentador do programa da TV Cuiabá não configuraram tratamento privilegiado ao candidato Sebastião em prejuízo à candidata Lucimar.
0tvcuiaba2305Programa 'Comando Geral', exibido pela emissora
(Imagem: Reprodução)
Lucimar e a Coligação recorreram da decisão e o Pleno deu provimento ao recurso, por entender que os comentários feitos pelo apresentador da TV Cuiabá ultrapassaram os limites da informação e da notícia e desfavoreceram a candidata Lucimar Campos, o que configura prática de conduta vedada pela legislação.
“Ao analisar as provas nos autos notamos que apesar de não citar expressamente o nome da candidata Lucimar, o apresentador repetia diversas vezes que havia duas opções boas em Várzea Grande – referindo-se aos candidatos Wallace dos Santos Guimarães e Sebastião dos Reis Gonçalves, pois a outra opção – Lucimar -, seria voltar no tempo, voltar ao passado. Era preciso andar pra frente, olhar para o futuro”, destacou o relator do recurso, o juiz membro Samuel Franco Dalia Junior.
Ainda para o relator, o comentarista ao falar em “voltar no tempo” se referia ao fato da candidata Lucimar ser esposa do ex-prefeito de Várzea Grande (hoje senador), Jayme Campos.
“É sabido que o direito à liberdade de expressão é fundamental e garantido pela nossa Lei Maior. Contudo, é pacífico na jurisprudência pátria que comentários favoráveis ou contrários a candidato no período vedado pela lei configuram propaganda irregular”, destacou o relator.
Com essas considerações, em harmonia com o parecer do Procurador Regional Eleitoral, Marcellus Barbosa, o Pleno deu parcial provimento ao recurso interposto para reformar a sentença de 1ª Instância e julgar procedente a representação eleitoral proposta pela Coligação Unidade Democrática Social e Lucimar Sacre de Campos, e condenou a TV Cuiabá ao pagamento de multa no valor exato de R$ 21.282.
Via C-SE

domingo, 25 de agosto de 2013

Universidade de Harvard tem bolsa de estudo disponível para jornalistas


Jornalistas que desejam se dedicar a trabalhos e estudos avançados terão oportunidade de ganhar bolsa na Universidade de Harvard. Os profissionais poderão ganhar até US$ 70 mil por ano para as despesas do projeto.
Além de jornalistas, profissionais de cinema, vídeo, som e novas mídias também podem se candidatar. De acordo com as informações do instituto, os aprovados terão escritório, estúdio e acessa a bibliotecas e outros recursos da Universidade de Harvard durante o período.
As inscrições podem ser feitas pelo site do programa Radcliffe Institute Fellowship até 1° de outubro. O projeto de bolsa deve ter início em setembro de 2014, com duração até maio de 2015.
Programa investirá até US$ 70 mil em projetos jornalísticos (Imagem: Reprodução)
Via C-SE

Vaga para São Paulo: Coren/SP


O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren/SP) está oferecendo uma vaga para jornalistas. Além do registro profissional, é exigida a experiência mínima de seis meses. 

CARGO: Assistente de Comunicação (apenas para jornalistas)
REQUISITOS: registro profissional de jornalista + experiência de seis meses
VAGAS: uma + CR
SALÁRIO: R$ 5.154,00
CARGA HORÁRIA: 40 horas
INSCRIÇÕES: 26 de agosto a 27 de setembro, no site da Vunesp

VALOR: R$65,00

sábado, 24 de agosto de 2013

URGENTE!!! RIT TV - Vagas Abertas

A Rit TV está contratando jornalista com experiência comprovada em reportagem, produção e edição em TELEJORNALISMO. O profissional irá atuar na sucursal de Cuiabá do programa Revista do Campo.

Interessados enviem currículo com portfólio para dimasaugusto.moraes@gmail.com. 


Via Jornalistas de Cuiabá

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Fiocruz Brasília abre processo seletivo para bolsistas


Interessados em participar da seleção podem encaminhar currículo até o dia 23 de agosto
O Projeto será desenvolvido nas Representações Regionais do Ministério da Cultura: Regional Norte (Belém/PA), Regional Nordeste (Recife/PE), Regional da Bahia (Salvador/BA), Regional Rio de Janeiro (Rio de Janeiro/RJ), Regional Minas Gerais (Belo Horizonte/MG), Regional São Paulo (São Paulo/SP), Regional Sul (Porto Alegre/RS) e também em Brasília. Há vaga para várias formações e algumas pedem anos de experiência e pós-graduação. O valor das bolsas varia de R$1.310 a R$ 8.240.

Fonte: Fiocruz

Editor de vídeo: Jataí (GO)

Vaga para editor de vídeo que trabalhe profissionalmente com ao menos dois programas de edição. A vaga é para Jataí (GO) em uma agência de publicidade. Salário R$ 1,5 mil + comissão de produção, o que equivale a um total de pelo menos R$ 2 mil.

Contato: Rogério Rodrigues

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Educadores e profissionais da mídia discordam sobre a eficiência das faculdades de jornalismo nos EUA, aponta pesquisa

Uma nova pesquisa que o Poynter NewsU publicou na última semana mostra contrastes acentuados entre as opiniões de professores de jornalismo e praticantes da profissão sobre a eficiência da formação em jornalismo e uma preocupação generalizada com a capacidade de a academia se adaptar às mudanças na indústria.
O Poynter NewsU pediu a opinião de mais de 1.800 educadores de jornalismo, profissionais da mídia e estudantes sobre o presente e o futuro da formação em jornalismo nos Estados Unidos. Os resultados foram publicados no artigo "O Estado da Educação em Jornalismo 2013."
A pesquisa revelou uma grande divergência entre as opiniões dos educadores de jornalismo e os profissionais da mídia sobre a qualidade da preparação oferecida pelas escolas de jornalismo para os jovens jornalistas encararem os desafios da indústria atual. Enquanto 96% dos educadores disseram acreditar que uma formação em jornalismo é de grande ou extrema importância para entender o valor da profissão, 57% dos profissionais da mídia disseram pensar o mesmo. E enquanto 80% dos educadores opinaram que a formação era de grande ou extrema importância para estudantes aprenderem habilidades apuração, apenas 25% dos profissionais de mídia concordaram.

Os educadores de jornalismo e os praticantes também se mostraram preocupados com a capacidade da academia de acompanhar as mudanças na profissão: 39% dos educadores de jornalismo e 48% dos editores de mídia disseram achar que a academia estava ficando para trás.
"Os estudantes precisam aprender a tirar fotos, editar, escrever, usar mídias sociais e trabalhar de forma rápida (...) E a maioria deles não está pronta para isso. Em geral, é difícil encontrar pessoas talentosas o suficiente para desempenhar todas essas habilidades bem", disse Adam Bagni, um âncora de esportes da WJAR que foi mencionado no relatório.
A pesquisa também entrevistou instrutores, que falaram sobre os obstáculos institucionais que encaravam para mudar a forma como o jornalismo é ensinado nas universidades.
"Mesmo educadores de jornalismo motivados e com boas intenções são impotentes frente a monstruosos obstáculos burocráticos acadêmicos", disse Barbara Allen, conselheira de mídia estudantil e professora da Universidade do Estado de Oklahoma. "Nossa falta de destreza com isso prejudica nossos estudantes".
Em um artigo intitulado "Escolas de Jornalismo precisam se adaptar ou podem se tornar irrelevantes", Howard Finberg, diretor de parcerias de treinametno do Poynter e criador do NewsU, disse estar “decepcionado, mas não surpreso" que as posições dos dois lados tenham permanecido praticamente as mesmas desde a última vez que a pesquisa foi realizada. Em um artigo para o MediaShift article, Susan Currie Sivek citou o chamado de Feinberg para uma renovação dos objetivos comuns dos educadores e praticantes do jornalismo por meio da inovação.
No momento, disse ela, "nós não estamos ensinando inovação. Estamos circulando pelas fronteiras da inovação.”
A News U está agora trabalhando em um novo estudo para descobrir quais habilidades, atitudes e conhecimentos um jornalista deve ter, segundo a opinião de educadores de jornalismo e profissionais da mídia.

UEL seleciona professores de Jornalismo

UEL - Universidade Estadual de Londrina - PR seleciona professores nas seguintes àreas:

Inscrições de 16/08 a 27/09/2013.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

MVL l Assessor de Imprensa Sênior

Com 21 anos de mercado, a MVL é uma das maiores empresas brasileiras de comunicação corporativa e líder em soluções integradas para o diálogo entre pessoas e marcas - tanto na mídia tradicional e social. O modelo de negócio da MVL é baseado no conhecimento, diálogo, compreensão e interação. A empresa opera em aprendizagem (oficinas, avaliação cruzada e desempenho comunicacional), comunicações offline (relações com a mídia, teatro-diálogo, eventos e experiência de marca) e mídias sociais (produção de monitoramento, agitação, mobilização e conteúdo).

Descrição da vaga:
• Relacionamento com a imprensa de Brasília;
• Elaboração de planejamento estratégico;
• Elaboração de textos;
• Follow up com a imprensa.

Requisitos:
• Contratação CLT com disponibilidade para atuar somente meio período (4h/dia);
• Residir em Brasília;
• Formação superior completa em Jornalismo ou Relações Publicas;
• Pós Graduação será um diferencial;
• Inglês e espanhol avançado;
• Experiência com comunicação corporativa e Gestão de Crise.

Fonte: Vagas

Quer se dar bem como gestor de comunidade? Confira 4 toques

Rede social Kekanto é uma das empresas que já apostam na profissão de gestor de comunidades. Confira as dicas para se dar bem na função



Divulgação
Allan Gonçalves, gestor de comunidade no Kekanto
Allan Gonçalves é gestor de comunidade no Kekanto: criatividade foi fator preponderante para ele assumir a função
São Paulo – A gestão de comunidades aparece na lista das 20 profissões do (e com) futuro, publicada recentemente em EXAME.com. Mas, para empresas como o site Kekanto já é uma realidade ter este tipo de profissional na equipe.
“O Kekanto é uma rede social que reúne pessoas que gostam de falar sobre as cidades, é um grupo que gosta também da parte off-line de eventos. Então precisamos de alguém que tome a liderança nesses processos e o gestor de comunidades é fundamental”, diz Fernando Okumura, CEO do Kekanto.
Mas, afinal, o que faz o gestor de comunidades? “Gestão de mídias sociais é apenas uma parte das funções”, adianta Okumura. De acordo com ele, o gestor de comunidades faz toda a interação on e off-line com os usuários. Vale destacar que a questão da comunicação fora do ambiente virtual é algo bem particular do Kekanto e geralmente não entra no “job description” do gestor de comunidade. 
“Além da comunicação, no Kekanto, ele tem o papel de relações públicas, organiza eventos, cuida da parte comercial de relacionamento com donos de estabelecimentos e parceiros e produz conteúdo jornalístico”, diz Okumura.
Aliás, foi esta questão de organização de eventos que fez com que Allan Gonçalves se destacasse e conquistasse uma vaga como gestor de comunidades no site. 
Formado em cinema, ele começou como social media e, após organizar voluntariamente um evento com 90 usuários do Kekanto em São Paulo, foi promovido a gestor de comunidade. “A migração foi tranquila pra mim. Estava encantado com a área e já tinha organizado dois eventos informalmente”, conta. 
Achou interessante? Confira 4 toques para ter sucesso como gestor de comunidades.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Veja dicas para o trainee conquistar a vaga dos sonhos

Tauana Marin

Divulgação
Não é sempre que surge um processo de seleção para programa de trainee. E quando eles aparecem, muitos candidatos disputam a mesma vaga, já que pode ser uma oportunidade de ouro para os novatos no mercado de trabalho. Mas, conquistar o tão sonhado posto não é tarefa fácil. Além dos conhecimentos acadêmicos e experiências vividas, o interessado precisa ficar atento a cada detalhe do processo.
O primeiro passo é caprichar no cartão de visitas de quem busca oportunidade no mercado de trabalho: o currículo. “Muitas pessoas ainda cometem erros. Uma boa apresentação é clean (limpa, em inglês), sucinta. É necessário ser objetivo e detalhar mais a última experiência profissional e itens como idiomas, cursos, intercâmbio e trabalho voluntários, tópicos bem-vistos pelos recrutadores e grande parte das companhias”, diz a especialista Manoela Costa, gerente da Page Talent, consultoria voltada à seleção de estagiários e trainees.
O segundo passo é saber onde está pisando. De acordo com Manoela, é necessário estar bem informado sobre a companhia em que se pretende seguir carreira. “Pesquisar tudo o que puder arespeito da empresa: missão, visão, valores, ramo de atuação, concorrentes, produtos e posicionamento no mercado”, aconselha.
 O modo de se vestir não fica para trás. A dica básica para não errar é dar preferência a roupas sociais e de cores neutras. Evite muitas cores, peças justas ou curtas, bem como maquiagem e acessórios que chamem muita atenção. O segredo é ser discreto.
“Vale também entender qual o ‘estilo’ da empresa. Se estivermos falando de uma companhia mais formal, como um banco, aposte no tradicional terno e gravata. No caso de uma empresa de construção civil, calça jeans e camisa seria o mais adequado”, contextualiza Manoela.
AVALIAÇÃO
Engana-se quem pensa que o processo de seleção fica restrito aos testes escritos e as dinâmicas e entrevistas. A partir do momento que o candidato pisa na firma ou no local de recrutamento já está sendo observado. Manoela explica que a postura e o comportamento são fundamentais para uma boa avaliação em qualquer que seja a etapa do processo seletivo. “Você nunca sabe com quem vai cruzar no elevador ou na recepção, então seja educado e cordial com todos. Além disso, tenha cuidado com a postura, vícios de linguagem e o uso de gírias.”
Em seguida estão as dinâmicas de grupo, a entrevista final e, consequentemente, os entrevistadores. Nessa etapa, não existe fórmula mágica, o segredo é ser você mesmo. Além disso, é importante mostrar-se motivado, ser participativo, trazer suas ideias e opiniões, ser flexível, saber trabalhar em equipe, ser político e educado.
“No momento da apresentação pessoal, organize seu discurso em ordem cronológica, mantenha postura e tom de voz adequados para a ocasião e sempre olhe para as pessoas enquanto estiver falando”, ensina Manoela. Segundo ela, a dica é estruturar bem as respostas e trazer exemplos práticos de projetos desenvolvidos e resultados obtidos, caso os tenha. “Se não tiver experiências anteriores, fale sobre situações da sua vida acadêmica e outros projetos que possam valer a pena, para valorizar suas qualidades.”

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

INSS abre concurso para jornalista e publicitário


Depois de lançar tantas informações a conta-gotas, felizmente foi publicado o edital do concurso do Instituto Nacional do Seguro Nacional (INSS). E conforme muitos já estavam sabendo, realmente são duas vagas para Jornalismo (uma para Brasília e outra para a Superintendência Regional Nordeste – Sede Recife) e uma para Publicidade (Brasília). Vale lembrar que os candidatos que concorrerem para as vagas destinadas às Superintendências Regionais poderão ser lotados em qualquer das unidades de subordinação (tem as informações de localidades no edital)
As provas serão realizadas em quase 100 cidades do Brasil e o candidato pode fazer a prova em uma localidade e concorrer a outra, o que significa que a concorrência vai bombar, apesar da quantidade de assuntos cobrados na prova!
Mas vamos que vamos! Vejam os detalhes:
CARGOS: Analista do Seguro Social, formação em Jornalismo (código JORNA) e formação em Publicidade e Propaganda (código PUBLI)
VAGAS: duas para Jornalismo (uma para Brasília e outra para Sede Recife) e uma para Publicidade (Brasília)
SALÁRIO: R$ 7.147,12 (vencimento básico de R$ 788,51 + gratificação de R$ 1.261,61 + gratificação que pode chegar até R$ 4.724,00 + auxílio alimentação de R$ 373,00)
CARGA HORÁRIA: 40 horas semanais
INSCRIÇÕES: até o dia 13 de setembro, no site da Funrio
VALOR: R$ 67,21
PROVAS: objetivas de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, Noções de Administração, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Previdenciário) e Específicos, na data provável de 13 de outubro´.
Fonte: Jornalistas concurseirosw

Analista de mídias sociais jr.: Brasília

Estamos selecionando Analista de Mídias Sociais Jr
É a vaga ideal para quem quer começar.

O que você precisa saber?
- Conhecer a parte de Fan Pages do Facebook (como postar como uma página e gerir conteúdo como uma Página)
- Básico (básico mesmo) de Photoshop, para redimensionar imagens e inserir logos/assinaturas já prontas

Serão Diferenciais:
- Conhecimento de métricas para as Mídias Sociais

Estamos pagando R$ 1.200,00 + Vale Transporte + Refeição

Agradeço a atenção de vocês!

Enviar CV por email, para diego@azzurradigital.com


Via Folha do Araguaia

domingo, 11 de agosto de 2013

Projeto de crowdfunding financia 10 reportagens investigativas

A Agência Independente de Jornalismo Investigativo, ou Agência Pública, lança o projeto Reportagem Pública, depois de duas edições de bolsas para a elaboração de quatro reportagens investigativas. A intenção agora é distribuir 10 bolsas para jornalistas que proponham a investigação de temas como: Copa do Mundo, violência policial, corrupção e direitos humanos.
O projeto busca valorizar a atuação do repórter e a luta pela informação de interesse público com qualidade e sem censura, contribuindo para a atuação de uma imprensa “livre, transparente e democrática”. Após o apoio na apuração, a Agência Pública se compromete a publicar a reportagem em sites e jornais do Brasil.
O investimento colaborativo (ou crowdfunding) acontece pelo site Catarse, com valores que vão de R$ 20 a R$ 2.000 reais e com os colaboradores obtendo “gratificações” diferenciadas. De qualquer forma, todos participam ao menos do conselho editorial, que votam nas pautas a serem realizadas. O projeto pretende criar um site onde serão detalhadas e escolhidas as 10 matérias produzidas.
Agência Pública no Catarse
Envie sua pauta
As sugestões de pauta devem ser enviadas pelo formulário, no qual o jornalista explica a proposta da reportagem. Haverá uma seleção prévia pela Agência e depois uma votação com os colaboradores. As dúvidas serão sanadas pelo telefone (11) 3661-3887 ou pelo e-mail: contato.publica@gmail.com .
Via GJOL

UFPI abre concurso para jornalista




Universidade Federal do Piauí - UFPI abre concurso para jornalista. Salário: R$ 3.138. 

JORNALISTA
Curso Superior em Jornalismo ou Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e registro no conselho competente
Campus Ministro Petrônio Portella Teresina - PI

Comunicação Social: São Paulo e Santos

A Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo está realizando um concurso que tem oportunidade para as áreas de Comunicação Social para as cidades de São Paulo e de Santos. De toda forma, vou avisando: o cargo pode ser para pessoas de outras áreas (como Marketing, Administração, Direito e até Informática, entre outras) e os assuntos abordados nos conhecimentos específicos são mais das áreas de Marketing e Gestão. Mas de toda forma, vejam se interessam:

CARGO: Analista de Gestão Administrativa (podem concorrer quem tem curso superior em Marketing, Comunicação Social, Administração de Empresas, Economia, Ciências Contábeis, Informática ou Direito)

VAGAS: em São Paulo: 5 para contratação imediata (sendo 1 para Portadores de Necessidades Especiais – PNE) + 8 para formação de cadastro de reserva (sendo 1 PNE). Em Santos: duas vagas para contratação imediata.

SALÁRIO: R$ 2.970,20 + benefícios

CARGA HORÁRIA: 220 mensais

INSCRIÇÕES: até o dia 08 de agosto, pelo site da FGV

VALOR: R$ 87,00

PROVAS: objetiva e discursiva (uma questão de Conhecimentos Específicos), a serem realizadas em 15 de setembro + avaliação de títulos





Vaga para Assessor de Comunicação no Marista de Brasília

A União Marista do Brasil - UMBRASIL está contratando ASSESSOR PLENO EM COMUNICAÇÃO E MARKETING.

Os candidatos devem atender os seguintes requisitos:

• ter experiência reconhecida em comunicação institucional, corporativa e/ou organizacional;

• ter experiência em empresas do setor de serviços, preferencialmente nas áreas de comunicação corporativa.

• Experiência com eventos, assessoria de imprensa, endomarketing ou comunicação interna;

• Conhecimento e experiência em conglomerados de educação ou saúde;

• Experiência em instituições com vínculo religioso;

• Habilidade para a redação e revisão de textos, edição de publicações (livros e revistas);

• Habilidade para a utilização e pesquisa em web e mídias sociais;

• Capacitação no uso de programas de edição de imagem e design;

• Capacitação em gestão de projetos e planejamento de comunicação institucional e visão estratégica;

• Capacitação em assessoramento de gestores;

• Ter facilidade e habilidade para trabalho em equipe.

SALÁRIO FIXO: R$ 9.500,00 + VALES TRANSP. E REFEIÇÃO.

LOCAL DE TRABALHO: Brasília (Plano Piloto)

HORÁRIO: 7:30 às 17h30 - seg. a sexta.

PRIORIDADE para quem tem: disponibilidade para viagens, domínio de línguas, formação em Jornalismo e experiência mínima de 6 anos na área da vaga.

Contratação para agosto de 2013.

Análise do currículo de caráter eliminatório. Não será dado retorno aos currículos desclassificados.

Interessados devem CADASTRAR CURRÍCULO em https://docs.google.com/forms/d/1A7RS1zIjPFkuKxhU-whsTH_QbPL1O-PsGtfwpn2fjLI/viewform

Via Link Zero. 

sábado, 10 de agosto de 2013

Concurso do MPU


Saiu o edital do Ministério Público da União.  As oportunidades estão distribuídas entre: Alagoas (1), Distrito Federal (9 + 1 PNE), Goiás (1), Mato Grosso (1), Rio Grande do Sul (1) e São Paulo (2). Pode concorrer quem tem curso superior em Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade, Propaganda, Relações Públicas ou Comunicação Organizacional). OBS: Cadê Rádio e TV? 

CARGO: Analista do MPU – Área de Atividade: Apoio Técnico-Administrativo – Especialidade: Comunicação Social
VAGAS: 15 + 1 PNE, sendo:
SALÁRIO: R$ 7.506,54
CARGA HORÁRIA: 40 horas semanais
INSCRIÇÕES: entre os dias 16 e 25 de agosto, no site da Cespe

Videografista: Rio de Janeiro

Experiência em:

- Criação de vinhetas para abertura de programas, identidade visual dos canais do grupo, filmes publicitários e videocases.
- Ter conhecimentos e técnicas de criação, conhecer os fundamentos de cor etc...
- Possuir conhecimento em softwares de Edição (Premiere/Final Cut).
- Possuir DRT

Fonte: telabrasileira

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Rede Gazeta abre inscrições para curso de residência em jornalismo em Vitória (ES)

Residentes acompanham a rotina dos jornalista e produzem reportagens.
Alunos e recém-formados em qualquer curso superior podem participar.



A Rede Gazeta abriu inscrições para o 16º Curso de Residência em Jornalismo. O prazo para participar do processo vai até 15 de agosto. Alunos que vão concluir o 7º período e formados entre outubro de 2012 e dezembro de 2013 em qualquer curso superior podem concorrer. Para se inscrever é preciso enviar o currículo para o e-mail residencia@redegazeta.com.br .

Segundo a organização, o objetivo do curso é fazer com que os residentes acompanhem o trabalho dos jornalistas. Além de receber dicas dos profissionais, eles produzem matérias jornalísticas e relatam a experiência de dois meses em um blog.
Palestras com profissionais do mercado, aulas ministradas por especialistas, oficinas de texto e áudio, teste de vídeo, além de visitas a empresas e órgãos públicos fazem parte da programação do Curso de Residência da Rede Gazeta.
A aula inaugural acontece no dia 7 de outubro, das 9h às 12h, na Rede Gazeta, com palestra de Carlos Alberto Di Franco, doutor em Comunicação e representante no Brasil da Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra (Espanha). Ele é articulista do jornal A Gazeta e autor de diversos livros.
Fonte: G! ES

Câmara Municipal de Biguaçu (SC) abre concurso para jornalista e técnico audiovisual

O salário é merreca: o de jornalista é de R$ 1.650/30 hs semanais e O de técnico audiovisual (nível médio) é de R$ 1.462/30 hs semanais. 

As inscrições devem ser feitas no período de 29 de julho a 6 de setembro pelo site www.camara.bigua.ieses.org . A taxa é de R$ 45 para nível fundamental, R$ 60 para nível médio e R$ 75 para nível superior. As provas objetivas serão aplicadas no dia 29 de setembro. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Confira a programação do 4º Simpósio de Ciberjornalismo da UFMS; inscrições abertas


Para o 4º Simpósio de Ciberjornalismo poderão inscrever trabalhos professores, pesquisadores, pós-graduandos e acadêmicos da área de Comunicação, que tenham pesquisa relacionada ao tema do evento – JORNALISMO, INTEGRAÇÃO MIDIÁTICA E EXPERIMENTAÇÃO –  tanto da graduação quanto da pós-graduação para a modalidade de Comunicação Oral.

 O 4° Simpósio de Ciberjornalismo terá a participação de pesquisadores brasileiros de referência no desenvolvimento do Ciberjornalismo como o professor da UFBA e coordenador do Grupo de Pesquisa em Jornalismo Online (GJOL), Marcos Palácios; do professor daUFSC e coordenador do Grupo de Pesquisa LapJor, Elias Machado; da professora daUFRGS e coordenadora do Grupo de Pesquisa em Jornalismo Digital, Luciana Mielniczuk; da professora e diretora da Faculdade de Comunicação da UFBA e pesquisadora do GJOL, Suzana Barbosa. Também participam do Simpósio os pesquisadores Carla Schwingel, que publicou em 2012 o livro Ciberjornalismo; Jan Alyne da UFOP e  Gilson Porto daUniversidade Federal do Tocantins.

O Grupo de Pesquisa em Ciberjornalismo da UFMS (Ciberjor) realiza também, durante a programação do 4° Simpósio de Ciberjornalismo, o 1° Seminário Inter-grupos de Pesquisa em Ciberjornalismo. Este Seminário vai debater os projetos de pesquisa em desenvolvimento pelos Grupos e buscar parcerias que promovam trabalhos conjuntos, integrados para desenvolvimento de pesquisas em Ciberjornalismo.

Veja abaixo o Programa do evento:

Twitt

28 de agosto

9h00
Oficina


Design e Jornalismo: interface certa para a mensagem certa
Kenneth Corrêa


Local: Laboratórios do CCHS – UFMS
14h00
CredenciamentoEquipes para credenciamento
19h00
Solenidade de AberturaCerimonial UFMS
20h00
Conferência de Abertura


“Os novos caminhos do jornalismo”Gumersindo Lafuente – El País – Espanha
Marcos Palácios – UFBA


Local: Auditório do LAC – UFMS
22h00
Coquetel

29 de agosto

9h00
Oficinas:
Hipertexto, leitura e sentido-
Ana Carolina Monteiro
Produção de fotografias com celulares-
Silvio Pereira
Local: Laboratórios do CCHS- UFMS
14h00
Grupos de Trabalho
Coordenação:

Kárita Francisco (karitafrancisco@gmail.com) e
Thaísa Bueno (thaisabu@gmail.com)

Inscrição de Trabalhos: ciberjor.cchs@ufms.br

Local: Salas de Aula do CCHS – UFMS
18h00
 Coffee Break
19h00
Debate
“Prescritor das redes sociais no jornalismo
Prof. Dr. Josep Lluís Micó – Universidade Ramon Llull – Barcelona
Prof. Dr. Elias Machado (UFSC)
Prof. Dr. Suzana Barbosa (UFBA)

Local: Auditório do CCHS-UFMS

30 de agosto

9h00
Oficinas
Second Screen-Thiago Akira
Ferramentas na nuvem aplicadas ao jornalismo-Elton Tamiozzo
Fontes e pautas para jornalistas de cibermeios- Fernanda França
Local: Laboratórios do CCHS – UFMS
14h00
Grupos de Trabalho

Coordenação:
Kárita Francisco (karitafrancisco@gmail.com) e
Thaísa Bueno (thaisabu@gmail.com)

Inscrição de Trabalhos: ciberjor.cchs@ufms.br

Local: Salas de aula CCHS – UFMS
18h00
 Coffee Break
19h00
Debate:2020. Tendências JornalísticasMário Tascon – 233 grados – Espanha
Profa. Dra. Luciana Mielniczuk – UFRGS
Profa. Dra. Carla Schwingel – Mackenzie

Local: Auditório do CCHS-UFMS

Faça sua inscrição aqui.
folder_ciberjornalismo_parte interna

Mais informações: Ciberjor