quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

UFMT oferece vaga para professor substituto Jornalismo


Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) oferece uma vaga de professor substituto para o Departamento de Comunicação Social, Campus de Cuiabá. O candidato precisa ser graduado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e comprovação de pelo menos dois anos de experiência na área. Precisa, também, ter disponibilidade para trabalhar 40 horas semanais nos turnos matutino, vespertino e noturno a ser definido conforme a necessidade da lotação.

As inscrições serão nos dias 04 e 05 de fevereiro, no Departamento de Comunicação Social, Instituto de Linguagens (IL). 


Mais informações pelo telefone (65) 3615.8407.


Leia o edital.


Fonte: Portal UFMT

Jornalista Para Redes Sociais em SP



Sobre 2Nd Design Digital

Desenvolvemos Sistemas e Sites para Internet
Empresa do setor Internet, localizada em São Paulo - SP, de porte Pequeno (até 200 funcionários)

Sobre a vaga

Salário

  1. R$ 1.500 a R$ 2.000 (Bruto mensal)
Fonte: Infojobs

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Nível de dificuldade do concurso



Agergs abre concurso para jornalista



Agergs - Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul abriu inscrições, até 31 de janeiro, para cadastro reserva do cargo Técnico Superior - Área: Jornalista. Requisito: Ensino Superior Completo em Jornalismo com registro no órgão de fiscalização profissional competente.. Vencimento:R$ 5.125,30 + GAFRE (Gratificação de Apoio à Fiscalização Regulatória Externa - até 40% em 2013 e até 45% a partir de 2014. Percentuais aplicados sobre o vencimento básico) + GEA (Gratificação de Excelência Acadêmica - Até 10% aplicado sobre o vencimento básico.Gratificação de Excelência Acadêmica - Até 10% aplicado sobre o vencimento básico).

domingo, 27 de janeiro de 2013

MEC divulga nota de pesar por morte de alunos da UFSM em incêndio


O Ministério da Educação (MEC) divulgou nota de pesar no início da tarde deste domingo em função do incêndio  ocorrido em Santa Maria (RS):

"O Ministério da Educação (MEC) lamenta profundamente a tragédia ocorrida na madrugada deste domingo (27) em Santa Maria (RS), que provocou a morte de centenas de jovens, a maioria estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Logo que tomou conhecimento do fato, o Ministério da Educação entrou em contato com o reitor da UFSM, Felipe Martins Müller, e colocou toda estrutura de hospitais universitários do Estado à disposição para auxiliar no atendimento às vítimas e no apoio aos familiares.

O ministro Aloizio Mercadante segue com a presidenta Dilma Rousseff, do Chile, onde participaram da reunião da Comunidade de Estados Latino Americanos e Caribenhos (CELAC) com a União Europeia, para Santa Maria, no Rio Grande do Sul".

Via Assessoria de Comunicação Social do MEC


Áudio: Declaração do reitor da UFSM, Felipe Müller, sobre tragédia em Santa Maria

Reitor manifestou solidariedade e disse que Universidade está organizando uma força-tarefa para dar apoio às famílias das vítimas da tragédia. Aulas estão suspensas por três dias.


Jornalista editor: Rondonópolis (MT)


Vaga:
Jornalista editor
Código da vaga: 2124186
Cidades:

RONDONOPOLIS/MT

 (2 vagas)
Data de atualização:
27/12/2012
Descrição:
Ensino superior completo em Jornalismo. 
Experiência em jornal impresso. 
Será responsável pela produção e edição de textos jornalísticos.
Faixa salarial:
R$ 3.000
Níveis hierárquicos:
Especialista com Curso Superior
Área(s) de atuação:
Jornalismo


Empresa:
Confidencial

Fonte: Jobrápido

Assessoria de imprensa: Mogi das Cruzes (SP)


Vaga:
Jornalista
Código da vaga: 1986702
Cidades:

MOGI DAS CRUZES/SP

 (1 vaga)
Data de atualização:
19/12/2012
Descrição:
Irá atuar com cobertura de eventos, redigir matérias, redigir notícias diárias, assessoria de imprensa.
Benefícios:
Assistência odontológica
Vale transporte
Exigências:
  • Inglês intermediário
Faixa salarial:
R$ 1500

Fonte: Jobrapido

Jornalista esportivo: Beagá


Vaga:
Jornalista esportivo
Código da vaga: 2150517
Cidades:

BELO HORIZONTE/MG

 (1 vaga)
Data de atualização:
18/01/2013
Descrição:
Conhecimento sobre pacote Office, Internet, mídias sociais.
Conhecimento Intermediário em inglês e espanhol.
Produzir matérias e releases sobre a Copa do Mundo.
Acompanhar jornalistas nacionais e internacionais em visitas ao Mineirão.
Fazer a gestão das redes sociais relativas à Copa.
Responder demandas diárias da imprensa nacional e internacional.
Acompanhar entrevistas de porta-vozes.
Interlocução com imprensa esportiva.
Disponibilidade para viagens.
Faixa salarial:
A combinar
Níveis hierárquicos:
Especialista com Curso Superior
Área(s) de atuação:
Comunicação e Publicidade

Fonte: Jobrapido

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Como Iniciar carreira como Produtor de Conteúdo



Antes de começar a trabalhar como Produtor de Conteúdo Freelancer, há muita coisa que tem que ter em atenção, principalmente para conseguir manter clientesprodutividade no trabalho e ainda um trabalho de boa qualidade. Leia mais no site português "Ser Freelancer" sobre uma das áreas que tem vindo a crescer a olhos vistos .

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Inscrições para concurso de jornalista e outros técnicos administrativos da UFMT são prorrogadas



Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realiza concurso público para contratação de técnicos administrativos em educação para os campi de Cuiabá, Araguaia, Rondonópolis e Sinop. Edital complementar assinado nesta sexta-feira (18) acrescenta uma vaga, passando para 40 o total, sendo 18 para nível superior (Classe E), das quais uma para portadores de necessidades especiais (PNE); 19 para nível médio (Classe D), das quais duas para portadores de necessidades especiais (PNE); e três para nível fundamental e médio (Classe C). O período para o candidato se inscrever foi estendido até o dia 27 de janeiro de 2013. A inscrição é feita somente via internet, no endereço eletrônico www.ufmt.br/concursos .

Será cobrada taxa de inscrição R$ 75,00, para cargos de nível superior (Classe E), de R$ 55,00 para cargos de nível médio (Classe D), e de R$ 40 para os cargos de nível fundamental e médio (Classe C). A isenção da taxa de inscrição será concedida ao candidato que estiver inscrito no cadastro único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto n.º 6.135, de 26 de junho de 2007; e for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135, de 26 de junho de 2007.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (65) 3615.8150 e 3615.8151.

Confira o edital e anexos

domingo, 20 de janeiro de 2013

Pensando o Direito seleciona consultor na área de Jornalismo em mídias sociais



A Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça está com edital aberto para consultor do projeto Pensando o Direito. É necessário ter experiência mínima de dois anos em atividades de jornalismo ou comunicação social online e atividade comprovada na edição de blogs.
O profissional terá de prestar auxílio técnico à elaboração da linha editorial do portal “Pensando o Direito”, com foco em ambiente 2.0; organizar conteúdos já produzidos; divulgar o Projeto nas redes sociais; bem como desenvolver estratégias de debates sobre proposições normativas e propor ações de melhoria quanto ao Portal.
É desejável que o candidato tenha experiência em atividades jurídicas e nas áreas de e-participação, webcidadania ou Governo 2.0. O trabalho é realizado em Brasília, no período de fevereiro a novembro de 2013 e o valor total dos produtos da consultoria será de até R$ 70 mil.
Para participar, o candidato deve enviar o formulário de seleção em anexo, devidamente preenchido, incluindo links para as referências comprobatórias das qualificações indicadas, para <sal@mj.gov.br>, indicando no assunto da mensagem “Projeto BRA/07004 – Consultor Redes Sociais”, até o dia 27/01/2013.
Pensando o Direito

Iniciado em 2007, o projeto Pensando do Direito é o maior financiador de pesquisas jurídicas do país e busca firmar parcerias com universidades e centros de pesquisa para o desenvolvimento de estudos em temas jurídicos que estão em debate na sociedade, com a finalidade de qualificar e subsidiar o trabalho da Secretaria.

Veja as perguntas mais inusitadas feitas em entrevistas de emprego de grandes empresas

Se você pudesse ser qualquer pessoa, quem você seria? (Salesforce.com) - Getty Images

Início de ano sempre tem gente em busca de novas oportunidades na carreira. Para conseguir um novo trabalho, normalmente, é preciso passar pela temida entrevista de emprego

As perguntas do entrevistador, as dinâmicas de grupo e outras peripécias que os candidatos devem enfrentar sempre são um caso à parte, e a revista "Exame" fez uma seleção de algumas das questões mais inusitadas feitas a futuros funcionários de grandes empresas.

Veja no site Vírgula algumas das questões perguntadas por entrevistadores de empresas comoGoogleKraft Foods e Accenture. Será que você conseguiria o emprego?

Nível superior "A": contrata-se jornalista com nível superior em Jornalismo

Desejável pós-graduação, experiência em Jornalismo, comunicação interna e assessoria de imprensa. Domínio do pacote office, pacote adobe (indesign, illustator, photoshop primer), Corel Draw e internet. Salário R$ 4.483 +  plano médico e odont., VT, VA, seg. de vida. Cadastre-se: www.mutua.com.br - Trabalhe conosco - Oportunidades. Fonte: CB, 20/01/13

Projeção contrata mestres e doutores em fotografia

Grupo Projeção contrata mestres e doutores com experiência (titulação: mestres e doutores) na área de CSPP (Fotografia).

Enviar currículo lattes com telefone particular e foto para o email: rh@projecao.br (favor citar a área de interesse no assunto do email).

Fonte: CB, 20/01/13

Centro Universitário Iesb contra professor de Jogos Digitais

O Centro Universitário Iesb seleciona docente quer tenha, no mínimo título de especialista para lecionar as seguintes disciplinas no curso de graduação em Programação de Jogos digitais: Jogos para dispositivos móveis; inteligência artificial; cinematografia em tempo real; regras do gojo; arquitetura e programação engines; design de interfaces; roteiro e narrativa não linear; programação para Direct X;n programação open GL.

Contato e CV para capitalhumano@iesb.br

No campo assunto, informar "Docente Jogos Digitais".
Prazo para acolhimento: 20/01/13 a 25/01/13.

Via: CB, 20/01/2013

Qualificopa abre inscrições para cursos gratuitos nesta segunda-feira

São mais de 500 novas vagas para formar a 7ª turma do programa de qualificação


A Secretaria de Trabalho do Distrito Federal abre, nesta segunda-feira (21), as primeiras inscrições para o Qualificopa. São mais de 500 novas vagas para formar a 7ª turma do programa de qualificação profissional. Em menos de dois anos, a secretaria já capacitou mais de cinco mil pessoas. As inscrições seguem até sexta-feira (1º). Nessa etapa, as aulas serão ministradas somente no Plano Piloto.

Os cursos continuam os mesmos: Informática básica, Organização de eventos, Operador de caixa, Montagem e manutenção de microcomputador, Assistente administrativo, Telemarketing, Garçom, Camareira, Vendedor, Supervisor de hospedagem e Webdesigner. Em cada curso, ainda existe o módulo de inglês, totalizando 250 horas/aula.



As aulas do Qualificopa serão ministradas de segunda a sábado, nos turnos da manhã, tarde e noite. Os cursos são gratuitos e os alunos recebem vale-transporte, alimentação, material didático completo, seguro de vida e uniforme.
Para concorrer a uma vaga em um dos cursos, é necessário fazer a inscrição em qualquer umas das 18 Agências do Trabalhador. As listas dos candidatos selecionados serão divulgadas no site da Secretaria de Trabalho (www.trabalho.df.gov.br).
Via R7

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Para além das redações, jornalistas encontram diferentes possibilidades

Com a chegada das novas tecnologias, profissionais da área encontram mercado forte e dinâmico. Empreendedorismo é uma das opções

Por volta de 69 a.C. surgia o mais antigo jornal que se tem notícia, o Acta Diurna, em Roma, na antiga República Romana. Com a invenção do tipo mecânico móvel para impressão de Johannes Gutenberg, em 1447, iniciou a Revolução da Imprensa. Datas à parte, faz muito tempo que a informação está no cotidiano da sociedade. Tudo o que o cidadão sabe sobre política, por exemplo, é por meio da imprensa. Ao se levantar, uma das primeiras coisas que o ser humano faz é ligar o rádio, a TV ou ler o jornal. E por trás desses hábitos, dessa cultura, está o jornalista..

Amado e odiado por muitos, esse profissional da comunicação já passou por diferentes momentos durante a história da profissão. Hoje, muitos dizem que o Jornalismo encontra-se numa crise, onde, como um dos fatores, a qualidade dos textos deu lugar à quantidade. Essa mudança se dá pelo surgimento de novas tecnologias, onde outras carreiras também estão sendo impactadas. “Mas, como toda crise, ela traz no seu bojo novos cenários e novas oportunidades”, ressalta o coordenador do curso da área na Unisinos, Edelberto Behs.

Na opinião do professor, para os jornalistas o horizonte é promissor. ”A revolução tecnológica o torna mais autônomo e independente. Ele está sendo instigado a ser criativo e empreendedor. Seguramente, a quebra do monopólio da midiatização é mais problemática para as empresas de comunicação, porque elas ainda não descobriram a fórmula da sustentabilidade contando com o acesso mais universal que a internet possibilitou à cidadania”, destaca.


Profissão de grande interesse dos jovens

No último vestibular da Unisinos, a graduação em Jornalismo foi uma das mais requisitadas para o campus da universidade em Porto Alegre. Por outro lado, o jornalista é taxado por ser um profissional que trabalha muito e é mal remunerado. Existe um contraste nisso e, para Behs, esse fenômeno mereceria uma pesquisa mais aprofundada. O docente explica que o que se verifica atualmente, no quadro das profissões, é que a linha divisória entre uma e outra está cada vez mais tênue. “À medida que a tecnologia avança, também surgem novas necessidades. Há muito tempo o revisor foi abolido das redações, por exemplo. Hoje, é preciso ser multimídia. Essa revolução nas carreiras permite escolhas diversas além das redações.”

Além das diferentes opções de atuação, a grande procura pelo Jornalismo também se dá pela trajetória acadêmica diferenciada que o curso possui. Durante a graduação, o aluno aprende a zelar pelas narrativas, usar corretamente as diferentes linguagens, desde o texto mais curto e duro ao mais trabalhado e que tangencia a literatura. “Ou seja, é um espaço que ensina como escrever boas histórias. Talvez seja, dos tradicionais cursos superiores, o único que ensina a escrever”, ressalta Edelberto Behs.


Carreira sólida e com boa situação financeira

É possível, sim, ser um jornalista bem remunerado. Assim como em outras profissões, tudo depende exclusivamente do profissional. Como destaca Behs, quem almeja a construção de uma carreira sólida tem que se dar conta de que o processo de aprendizagem, do letramento e da formação cultural é contínuo e constante. “A pessoa terá que ir muito além daquilo que ela recebe e reparte num curso superior, inclusive buscando o aprimoramento do uso das tecnologias e da fluência de um segundo ou, até mesmo, terceiro idioma.”

Na busca do “lugar ao sol”, o jornalista pode atuar em várias frentes, desde a carreira clássica nas redações dos jornais, revistas, rádio e televisão, até na web, como em blogs, sites, portais, editoras, consultorias e assessoria de imprensa. Esta, em especial, é um dos nichos que oferecem as melhores oportunidades, tanto financeiras como para empreender.

Por falar em empreendedorismo, o jornalista que optar por seguir nesse caminho encontra um cenário bem receptivo. Por ser multimídia, talvez o profissional seja um dos mais preparados para as constantes mudanças do mercado. Além de lidar com a coisa mais fundamental para o desenvolvimento da sociedade, a comunicação. 

Porém, para conseguir o sucesso é preciso ter algumas virtudes essenciais: envolver-se, de fato, na proposta que se dispõe a desenvolver, atualizar-se constantemente, ter uma sólida formação humanista, saber se relacionar, ser criativo e, óbvio, não se restringir a ficar apenas sentado diante do computador. “Todo aquele que é diferenciado – e precisa se esforçar para alcançar essa condição – encontra o seu lugar na sociedade”, enfatiza Behs.

Leia mais

Vaga p/ assessor de comunicação (GO)


Vaga para assessoria de comunicação, na prefeitura de Catalão – GO, salário de R$3,500,00.

Interessados mandar currículo para este e-mail: maira_svm@hotmail.com.

Bob, produtividade e o “cyberslacking”


folgado
Uma notícia curiosa circulou esta semana em sites e blogs de cultura digital. Bob, um programador dos Estados Unidos, foi demitido após ser descoberto terceirizando seu trabalho para chineses por menos de 20% do que recebia, e, assim, conseguindo tempo livre para navegar na internet em horários em que deveria estar trabalhando.
O relato do episódio foi publicado no blog da Verizon, que detalhou como foi feita a descoberta, chamando atenção para a importância de monitorar acessos remotos por VPN em redes corporativas, e assim detectar e corrigir vulnerabilidades. Acesse aqui.
Entre tantas questões que o episódio levanta – ética, segurança, fraude, privacidade, relação com o trabalho, etc.  – achei bastante curioso observar o que Bob fazia em TODO seu tempo livre no escritório: acessava sites de compras, redes sociais e assistia inúmeros vídeos de gatos.
O hábito de procrastinar no trabalho e passar o tempo navegando na internet com fins pessoais possui um termo próprio, conhecido como “cyberslacking” ou “cibervadiagem”. Alguns estudos sugerem que os trabalhadores dedicam cerca de um quinto de seus períodos de trabalho para o acesso a sites com objetivos pessoais. Para determinadas empresas tais hábitos devem ser combatidos e punidos, já para outras, tal prática não é necessariamente uma tentativa de enganar o chefe, mas sim, uma necessidade que acaba ajudando o desempenho no trabalho.
O que vocês costumam acessar durante o expediente e até que ponto isso pode afetar sua produtividade? Quais os limites do monitoramento realizados pelas empresas em nome desta garantia de produtividade? Com a disseminação de dispositivos conectados como controlar o que esta sendo acessado durante o período de trabalho? Voltando a Bob, será que ele deveria mesmo ter sido demitido? Sua criatividade e capacidade em reduzir custos e aproveitar o tempo em beneficio próprio não poderia ter sido valorizadas em outro contexto? A qual ética de trabalho estamos expostos? Estes seriam alguns tópicos interessantes para reflexão... GITS

SIP prorroga prazo para inscrição no concurso “Excelência Jornalística”


Interessados agora têm até o dia 01 de fevereiro para se inscreverem
SIP prorroga prazo para inscrição no concurso “Excelência Jornalística”
A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) divulgou nesta quinta feira, 17/01, que o prazo de inscrição para concorrer ao Prêmio de Excelência Jornalística 2013, foi prorrogado até o dia 1 de fevereiro.  Segundo a organização, essa ampliação ocorreu devido ao grande número de interessados em participar, e ao volume de trabalhos recebidos, maior que o esperado.
Segundo informações da SIP, 780 profissionais já se inscreveram. Metade das inscrições foram feitas nos últimos dias. Os prêmios serão distribuídos em 12 categorias, e na maioria delas consistem de US$2,000.00, além de placas e diplomas.

Informações sobre inscrições e regras do concurso podem ser obtidas no website da SIP, em www.sipiapa.org.
Não é preciso ser sócio da SIP para participar.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

IFSC abre inscrições para diversas oportunidades na área de Comunicação


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC) abriu inscrições para os seguintes cargos na área de Comunicação:

  • Técnicos de nível médio:comunicação visual ou webdesign .
  • Técnicos de nível superior: jornalismo, comunicação visual e webdesign.
  • Professores de desenho e animação, multimídia e produção audiovisual.

Q4 Editora e Comunicação Ltda. seleciona jornalista em São Paulo

Editora responsável há 18 anos pela publicação de revista com tiragem de 47 mil exemplares mensais busca jornalista para trabalhar na zona leste de  São Paulo (SP). Salário: R$ 1.600 brutos.

Descrição

  1. Área e especialização profissional: Comunicação, TV, Cinema - Jornalismo
  2. Nível hierárquico: Assistente
  3. Local de trabalho: São Paulo, SP
  4. Regime de contratação de tipo Efetivo – CLT
  5. Jornada Período Integral
  6. O profissional irá participar da elaboração de pautas e matérias. Também participará da atualização do portal. É necessário conhecimento de fotografia e do InDesign. Residir na ou próximo da Zona Leste de São Paulo.

Exigências

  1. Escolaridade Mínima: Ensino Superior
  2. Português (Nativo)
  3. Aplicações de Escritório: Microsoft Word, Microsoft Outlook
Fonte: infojobs

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Nova tecnologia promete facilitar carregamento sem fio de gadgets



PowerbyProxi desenvolveu uma tecnologia que ela diz poder carregar, via wireless, pilhas AA, smartphones e até mesmo fones de ouvido - tudo ao mesmo tempo.
A empresa afirma que a nova tecnologia sem fio de carregamento melhora o atual padrão Qi (pronuncia-se "tchi") da indústria tecnológica, que atualmente é o utilizado em produtos que vão de simples pads de recarga até alto-falantes. 
O criador do Qi, o Wireless Power Consortium, disse que produtos de cerca de 140 empresas estão certificadas como compatíveis com o padrão. A PowerbyProxi demonstrou sua tecnologia, ainda não incluída em qualquer produto do mercado, na palestra Digital Experience da Pepcom, na CES desta semana.
Greg Cross, cofundador e presidente da PowerbyProxi, disse que a tecnologia sem fio de sua empresa usa o carregamento “livre”, que, ao contrário da tecnologia Qi mais restritiva, não exige que os dispositivos fiquem tão próximos uns dos outros para alcançar a eficiência máxima de carga. Cross disse que pads de carga, boxes e outros produtos com a tecnologia PowerbyProxi são esperados para chegar dentro de um ano a 18 meses. Íntegra

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

UFC divulga editais para vagas de professor efetivo de Jornalismo



Edital nº 499/2012 – Uma vaga de professor assistente do Instituto de Cultura e Arte da UFC, em Fortaleza, no setor de estudo “Edição e finalização em cinema e audiovisual”. Para concorrer, é necessário ter, no mínimo, título de mestre. O regime de trabalho é de 40 horas semanais, com exigência de dedicação exclusiva.

Edital nº 497/2012 – Uma vaga de professor assistente do Campus da UFC no Cariri, no setor de estudo “Comunicação Visual”. É exigido diploma de graduação em Jornalismo ou Publicidade e Propaganda ou Editoração. O regime de trabalho é de 40 horas semanais, com exigência de dedicação exclusiva.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Procuram-se repórteres aventureiros para navegar pelos mares da Volvo Ocean Race

Foto Nick Dana/Volvo Ocean Race


Todos os anos um repórter sobe a bordo de cada um dos barcos da Volvo Ocean Race , uma das regatas de vela mais radicais do mundo, que este ano lançou uma espetacular campanha buscando jornalistas que cobrem esportes competitivos.

O objetivo, segundo a organização, é formar uma equipe de repórteres para produzir um programa multimídia excepcional e único.

Repórteres multimídia ou "tripulantes de comunicação" devem ser aprovado pela Volvo Ocean Race, medida criada para garantir que todas as equipes otimizem  o uso de equipamentos de mídia avançada instalado em barcos One Design da Volvo Ocean 65.

 "É um dos trabalhos mais difíceis do jornalismo, mas também um dos melhores e estamos à procura de candidatos excepcionais.  Espero ter muitos candidatos", diz o diretor de comunicações da competição, Jon Bramley . Os candidatos aprovados terão de passar cinco semanas na sede da Volvo Ocean Race em Alicante para treinamento .

 "É incrível, eu recomendo a todos, ser aventureiro para experimentá-lo: para mim foi a realização de um sonho ", diz Diego Fructuoso , membro da tripulação de Mídia da equipe Telefónica na edição 2011-12.  Os candidatos interessados ​​deverão enviar o seu CV e uma carta de apresentação para reporters@volvooceanrace.com.






Fonte: 233grados

Jornalista: Jaciara (MT)

Empresa precisa de jornalista para residir em Jaciara MT com experiência em jornal semanário.Salário: R$ 1.300.

Referências bibliográficas para jornalistas concurseiros


Mariana Mazza, do blog Jornalistas Concurseiros, divulga sugestões de livros úteis para quem está se preparando para os concursos da área:

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO
* BARROS FILHO, Clóvis. Ética na Comunicação da informação ao receptor. São Paulo: Moderna, 1995.
OPINIÃO DO LEITOR: “Eu gosto muito desse livro, explica muito sobre teorias de comunicação e jornalismo. Parece que é sobre ética, mas tem muuuuuuuito de teoria”. Natália
* ARAÚJO, Ellis Regina e SOUZA, Elizete Cristina de. Obras jornalísticas: uma síntese. Brasília: Vestcon, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR: “Faz um resumo de muitas teorias que eu pessoalmente não tinha ouvido falar na faculdade, acho legal para concurso”. Natália
* FRANÇA, Vera Veiga. pp 151-170. Teorias da Comunicação: conceitos, escolas e paradigmas. 8 ed. Petrópolis: Vozes, 2008.
* WOLF, Mauro. Teorias da comunicação. Lisboa: Presença, 1999
OPINIÃO DO LEITOR: “Um clássico, vai mais fundo nas principais teorias”. Natália
* MCLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São
Paulo: Cultrix, 2005.
* PENA, Felipe. Teoria do jornalismo. São Paulo: Contexto, 2008.
OPINIÃO DO LEITOR: “É bem focado no jornalismo e não em comunicação, como os outros”. Natália
HISTÓRIA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO
* ARAÚJO, Ellis Regina e SOUZA, Elizete Cristina de. Obras jornalísticas: uma síntese. Brasília: Vestcon, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR: “Eu uso principalmente a parte de histórias dos MCM”.  Monise
REDAÇÃO JORNALÍSTICA
* MUNIZ, Sodré. Técnicas de Reportagem. São Paulo: Summus, 1987.
OPINIÃO DO LEITOR: “Acho importantíssimo. Tem muitas classificações para textos e reportagens”.  Natália
* LAGE, Nilson. A Reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Rio de Janeiro: Renovar, 2001.
OPINIÃO DO LEITOR: “Leitura obrigatória na faculdade, porque o homem é considerado o papa (e um dos únicos) a estudar os aspectos da reportagem”. Mariana Mazza
* ERBOLATO, Mario L. Técnicas de Codificação em Jornalismo. 5ª edição. São Paulo: Ática, 2001.
OPINIÃO DO LEITOR: “Apresenta tipos de entrevista, critérios de importância da notícia, sistemas de fechamento de edição”. Anderson Lima
TELEJORNALISMO
* BARBEIRO, Heródoto. Manual de telejornalismo. R.J. Campus. 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “Está sempre nas referências dos concursos e seu sistema de tópico faz com que ele seja utilizado com frequência pelos examinadores”. Fernando
* BISTANE, Luciana; BACELLAR, Luciane. Jornalismo de TV. São Paulo: Contexto, 2006.
* BUCCI, Eugênio; KEHL, Maria Rita. Videologias. São Paulo: Boitempo, 2004.
RADIOJORNALISMO
* BARBEIRO, Heródoto e LIMA, Paulo Rodolfo de “Manual de Radiojornalismo, produção, ética e internet”. Rio de janeiro. Campus, 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “É mais focado na prática, como deve ser o textos, os papeis do repórter, do editor-chefe, e por ai vai.” Natália
* FERRATO, Luiz Artur. Rádio: o veículo, a história e a  técnica. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2000.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem mais a ver com a história do rádio”. Natália
WEBJORNALISMO E MÍDIAS DIGITAIS
* FERRARI, Pollyana. Jornalismo digital. São Paulo: Contexto, 2008.
OPINIÃO DO LEITOR: “Excelente para entender o início da webjornalismo no Brasil e modelos de webjornalismo”. Natália
* RAMALHO, José Antonio. Mídias sociais na prática. Elsevier, 2010.
OPINIÃO DO LEITOR: “O livro é como um guia e bem fácil de ler e entender”. Jéssica Martins
* SANTAELLA, Lucia; LEMOS, Renata. Redes sociais digitais: a cognição conecti¬va do Twitter. São Paulo: Paulus, 2010.
OPINIÃO DO LEITOR: “Bom para entender do Twitter”. Natália
ASSESSORIA DE IMPRENSA
* DUARTE, Jorge (org). Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia: teoria e técnica. Atlas, 2002.
OPINIÃO DO LEITOR: “Esse livro sempre cai em concursos é muito bom para entender ferramentas e conceitos de AI”. Natália
“Vale super a pena”.  Priscilla
* KOPPLIN, Elisa, FERRARETTO, Luiz Artur. Assessoria de imprensa: Teoria e Prática. Porto Alegre: Sagra-DC Luzzatto, 1993.
OPINIÃO DO LEITOR: “Livro compacto, mas que contém bastantes explicações e conceituações. Gostoso de ler e barato”. Jéssica Martins
“Sempre cai nos concursos!”. Mariana Mazza
*MAFEI, Maristela. Assessoria de imprensa – Como se relacionar com a mídia. São Paulo: Contexto, 2007.
OPINIÃO DO LEITOR:  “Bem completo e explicativo, contem histórico e como agir em determinadas situações. É caro mas acho que vale a pena”. Jéssica Martins
* ASSAD, Nancy Alberto & PASSADORI, Reinaldo. Media training: como construir uma comunicação eficaz com a imprensa e a sociedade. São Paulo: Editora Gente, 2009.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem coisas sobre AI, mas é mais focado em entrevistas mesmo”. Natália
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL/ EMPRESARIAL
* PALMA, Jaures. Jornalismo empresarial. Porto Alegre: Sagra, 1994.
* REGO, Francisco Gaudêncio Torquato do. Comunicação empresarial / Comunicação institucional. São Paulo: Summus, 1987
* KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Comunicação organizacional – Vol. I – Histórico, fundamentos e processos. São Paulo: Saraiva, 2009.
OPINIÃO DO LEITOR: “A Kunsch me parece a principal autora brasileira sobre o tema, então é muito importante para entender de planejamento estratégico, fluxo de comunicação dentro das empresas, mais ligado a RP”. Natália
* KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 2003.
OPINIÃO DO LEITOR: “Os livros dela são voltados mais pra RP que a nossa área. É interessante conhecer, principalmente quando o concurso pede conhecimento em comunicação integrada ao invés de comunicação empresarial simplesmente”. Lorena
* MATOS, Gustavo Gomes de. Comunicação empresarial sem complicação: como facilitar a comunicação na empresa, pela via da cultura e do diálogo. Barueri, SP: Manole, 2009.
* TORQUATO, Gaudêncio. Tratado de Comunicação. Organizacional e Política. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.
OPINIÃO DO LEITOR: “A linguagem é simples, o livro é bem organizado (fala de assessoria, comunicação organizacional, media training), um pouco de tudo. Ele dá exemplos que trazem a teoria pra prática. É bem interessante pra quem pretende estudar comunicação empresarial (ou organizacional)”. Lorena
“Muito citado em concursos. O livro é bom e de leitura fácil, mas é bom pegar capítulos específicos para estudar para a prova, pois tem muitas outras coisas que ele aborda e que normalmente não caem”. Mariana Mazza
MARKETING E RELAÇÕES PÚBLICAS
* KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing: A Bíblia do Marketing. Prentice Hall Brasil, 2006, 12a edição. 776p.
OPINIÃO DO LEITOR: “Tem um capítulo muito bom que fala sobre RP e Marketing”. Raquel
PRODUÇÃO GRÁFICA
* SILVA, Rafael Souza. Diagramação: o planejamento visual gráfico na comunicação impressa
OPINIÃO DO LEITOR: “É difícil achar livros sobre o assunto, esse é bastante completo fala sobre fontes, publicação de livros, jornais, revistas”. Natália
PUBLICIDADE E PROPAGANDA
* MARTINS, Zeca. Propaganda é isso aí: um guia para novos anunciantes e futuros publicitários. São Paulo: Futura, 1999.
* MARTINS, Jorge Eduardo. Redação publicitária: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1997.